Tipos de rodapé

Quem está pensando em construir ou reformar, com certeza já se deparou com a dúvida sobre os tipos de rodapé e como escolher o melhor modelo que proporcione funcionalidade e estilo para o imóvel. Para te ajudar nessa escolha, descubra a funcionalidade do rodapé e muito mais:

Para que serve o rodapé

O rodapé possui três funções:

  • Acabamento para delimitar a parede e o piso;
  • Proteger o revestimento das paredes contra a umidade por conta da limpeza ou derramamento de líquido;
  • Proteção contra impactos ocasionados por batidas de objetos e calçados, evitando riscos, manchas e sujeira.

Tipos de Rodapé

Existem três tipos de rodapé com características específicas. Confira:

Rodapé sobreposto

Este é o tipo de rodapé clássico e muito utilizado. De fácil instalação e menor custo, fica sobreposto e cria uma saliência em relação à parede.

Rodapé invertido

Tipo de rodapé feito com instalação de cantoneira metálica embutida na parede, proporcionando o efeito de bunha entre o piso e a parede. Este é o modelo indicado para quem deseja o efeito de “flutuação” da parede em relação ao piso.

Rodapé embutido

Tipo de rodapé que fica nivelado à parede com a função de não apresentar saliência que elimina o acúmulo de poeira.

Materiais para Rodapé

Madeira

O material mais clássico usado em todos os estilos de acabamento e com versatilidade de preços para todos os bolsos. Sua instalação é mais difícil em relação aos novos materiais, entretanto, proporciona sofisticação e elegância para qualquer ambiente.

Poliestireno

O poliestireno é conhecido popularmente como PVC, um material versátil que proporciona leveza ao acabamento e decoração de qualquer ambiente. Existem diversos modelos leves e de fácil aplicação que geralmente acontece por encaixe e dispensando elementos extras como argamassa, parafusos e pintura. Ainda é possível escolher entre coloração, espessura e detalhes que ajudam na decoração.

Cerâmica e Porcelanato

Se você deseja um acabamento em rodapé no mesmo tom e estilo do piso, o rodapé de cerâmica ou porcelanato é a melhor opção. Além de proporcionar a continuidade do material e um acabamento único, é o tipo de rodapé resistente à água e muito utilizado para ambientes úmidos como banheiros e lavanderias.

O rodapé deve combinar com o piso?

Essa é uma clássica dúvida para quem está pensando nos detalhes do acabamento de uma reforma. Não existe uma regra de combinação, é necessário pensar em todos os detalhes do projeto e focar no seu objetivo quanto à decoração do local.

A intenção é ter um ambiente neutro alongando a parede? O rodapé na mesma coloração da parede é uma excelente aposta. Se a intenção é destacar o acabamento, existem diversas possibilidades e tipos de rodapé que apresentam desenhos, relevos e formatos que harmonizam o projeto.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre os tipos de rodapés, que tal investir no acabamento que pode deixar a sua reforma ainda mais sofisticada? Entre em contato com a blinkers e vamos juntos mudar cada ambiente.

Deixe uma resposta