Saiba a importância do projeto executivo na reforma

Aproveitar o ambiente da melhor maneira possível, levar em consideração o estado atual da estrutura de uma casa, encontrar soluções que otimizem o espaço e deem personalidade a ele. Essas são apenas algumas das mágicas que um bom projeto executivo para reforma pode fazer por você. Imagine, por exemplo, o risco de derrubar uma parede que seja essencial para manter o imóvel em pé. Seria um desastre, não é mesmo?


Ao buscar alguém para criar esse projeto para você, está assegurando que nada horrível aconteça durante sua reforma e que esse profissional dê soluções práticas para desafios que, à primeira vista, pareçam intransponíveis.
 

O projeto executivo é uma organização das ideias e etapas para que o melhor aconteça no resultado final e começa por uma boa conversa entre cliente e arquiteto. A partir daí, o profissional vai verificar o terreno e suas medidas, fazendo um levantamento topográfico e projetando todas as instalações necessárias.
 

Uma vez que essa etapa básica é concluída, dá-se início ao projeto executivo de fato, que é a fase final do trabalho onde estarão detalhados todos os elementos do espaço, gerando informações suficientes para a execução em si, seus prazos e necessidades. Como será utilizado por outros profissionais envolvidos, indo do pedreiro ao eletricista, é importante que contenha todas as orientações necessárias de maneira técnica.

Como fazer um projeto executivo de qualidade?


Para que o projeto executivo seja bem feito, é preciso começar por um projeto básico de qualidade. No fim das contas, o primeiro pilar deste trabalho é a conversa entre contratante e contratado. Explorar todas as possibilidades junto ao arquiteto, explicar exatamente o que deseja com a reforma, questionar sobre tendências do mercado e explorá-las dando a personalidade do cliente: tudo isso vai ajudar com um rico ponto de partida para que a parte técnica seja desenvolvida.
 

O projeto executivo vai trazer elementos como elevações do terreno, plantas baixas, detalhes, tabelas, cortes, especificações técnicas, entre outros. Mas, além de tudo isso, existem dicas importantes para um projeto de reforma com qualidade, a começar por um escopo bem definido que não abra muito espaço para mudanças depois que o projeto já começou a caminhar. Às vezes, parece algo pequeno, mas pode impactar tudo que está programado e afetar também o seu orçamento. 

Dividir a reforma por etapas e dentro de um cronograma também pode ser útil para fazer dar certo, além de não comprar nada antes do projeto executivo estar bem alinhado. Outro aspecto crucial é a pesquisa! Procure bem pelos fornecedores de melhor custo-benefício em relação aos materiais e à mão de obra.

Deixe uma resposta