Canto Alemão: arquitetura com conforto e criatividade

Sabe aquele sofá em formato de L que fica no cantinho da sala de jantar, com a mesa diante dele? É um exemplo clássico de canto alemão, usado principalmente em restaurantes, mas que ganha espaço dentro das casas e escritórios. Essa solução de arquitetura que tira a mesa do centro do ambiente, além de sua característica funcional, ajuda a tornar o cômodo mais aconchegante, charmoso e moderno. 


O canto alemão também possibilita opções diferentes, como banco acolchoado, de madeira, sofá e até cadeiras tradicionais – mostrando versatilidade ao combinar com decorações mais sofisticadas, rústicas ou alternativas. O segredo está no tipo de material escolhido para montar a estrutura. 


A ideia surgiu a partir da maneira como pubs alemães disponibilizavam seus móveis, aproveitando os cantinhos do espaço. Hoje, é indicado para uso tanto na cozinha quanto na sala de jantar, mas pode ser aproveitado também em espaços externos ou ambientes integrados.


Dicas que fazem a diferença

Para um canto alemão especial, é importante que coloque sua personalidade no ambiente, seja pelo estilo selecionado, tipos de estampas ou matéria-prima (madeira, metal e outros).

Também é possível utilizar bancos fixos ou móveis, além de opções criativas como banco baú embutido e o que mais a sua imaginação permitir.


Além do banco no canto do cômodo, é possível colocar cadeiras do outro lado da mesa, complementando o espaço. A mesa é tradicionalmente retangular, mas não obrigatoriamente – tudo depende de como o time que está criando o projeto estabelece que pode aproveitar melhor o espaço, mantendo a personalidade do cliente. 


Características do canto alemão

  • Otimiza o espaço da casa ou escritório.
  • Ocupa menos espaço no ambiente.
  • Permite o uso da criatividade para dar personalidade ao ambiente.
  • Dá uma sensação de ambiente acolhedor. 
  • Permite melhor circulação no ambiente.
  • Com luz focada, dá o tom de ambiente mais intimista.

Deixe uma resposta